MEDICINA DO TRABALHO

Serviços


Eletrocardiograma
Eletrocardiograma
Este exame registra a atividade elétrica do coração em repouso, geralmente, através da colocação de dez eletrodos: dois localizados nas pernas, dois localizados nos antebraços e seis localizados na região anterior do tórax. Estes eletrodos permitem o registro de 12 ou mais derivações (D1, D2, D3, AVR, AVL, AVF, V1, V2, V3, V4, V5 e V6). Estas derivações traduzem a atividade elétrica de determinadas partes do coração (por exemplo: D2, D3 e AVF, visualizam a parte inferior do coração). O eletrocardiograma é o exame cardiológico mais simples, sendo obrigatório em qualquer avaliação dentro dessa especialidade.

Orientação:
Não é necessário nenhum cuidado específico ou jejum antes da realização de um eletrocardiograma. Os medicamentos de uso contínuo devem ser tomados normalmente no dia do exame. Em alguns pacientes do sexo masculino, poderá ser necessário a realização de uma tricotomia (raspagem dos pelos do tórax), para diminuir as interferências no traçado.
Os pacientes deverão permanecer com a região anterior do tórax, canelas e punhos expostos, para a colocação dos eletrodos. Desta forma, deverão comparecer no local do exame com trajes que facilitem a sua realização. O eletrocardiograma é um exame que não acarreta nenhum risco ou complicação para o paciente.
Embora o eletrocardiograma apresente limitações, é útil para o diagnóstico da maioria das doenças cardiológicas. No momento da realização do eletrocardiograma podemos definir o ritmo e o número de batimentos cardíacos por minuto. Desta forma, o eletrocardiograma permite identificar arritmias cardíacas (alterações do ritmo cardíaco) e os distúrbios da condução elétrica do coração (retardos na condução do estímulo elétrico do coração), como os bloqueios cardíacos. Outras doenças não cardiológicas como os distúrbios da tireóide, do aparelho digestivo, embolia pulmonar (acometimento da circulação do pulmão por coágulos de sangue), acidente vascular cerebral (derrame cerebral), anormalidades dos eletrólitos do sangue (exemplo: excesso de potássio), distúrbios do metabolismo (exemplo: falta de cálcio), entre outras, também podem se manifestar por alterações no eletrocardiograma.
Audiometria
Audiometria
A finalidade da audiometria ocupacional é avaliar a audição dos trabalhadores expostos ao ruído no trabalho, para detectar possíveis alterações auditivas e a partir daí adotar medidas de engenharia e administrativas, no intuito de evitar o agravamento da audição do trabalhador e suas conseqüências legais para a empresa. Cuidados especiais devem ser adotados no momento da realização da audiometria ocupacional, para se obter dados confiáveis da audição do trabalhador, tais como: Audiômetro calibrado e certificado segundo a Norma ISO 8.253-1, Cabine audiométrica ou ambiente acusticamente tratado de acordo com os limites permitidos pela Norma ISO 8.253-1, Exame realizado somente por médico ou fonoaudiólogo que são os profissionais legalmente habilitados, Acompanhamento seqüencial obrigatório dos exames de audiometria ocupacional durante toda a vida laboral do empregado na empresa, Interpretação do resultado da audiometria ocupacional de acordo com os normativos vigentes. O resultado do exame de audiometria ocupacional, obrigatoriamente, precisa ser submetido aos procedimentos da NR 7 – Anexo I – Quadro 2 e, dentre as providências que antecedem a sua realização, deverão ser observadas, ainda, as determinações das Resoluções 295 e 296, do Conselho Federal de Fonoaudiologia. O resultado da audiometria ocupacional poderá ensejar por parte da empresa medidas preventivas e de promoção da saúde auditiva do empregado a fim de evitar o agravamento dos limiares auditivos e as conseqüências danosas daí advindas. É muito importante que seja realizada na admissão do funcionário, seis meses após a contratação, anualmente e na demissão.

Orientação:

O funcionário deve realizar esse exame antes da exposição ao ruído, repouso auditivo de 14 horas.

Optometria (acuidade visual)
Optometria (acuidade visual)
A Optometria trabalha fora do "órgão globo ocular", focado no sentido da visão, corrigindo miopias, hipermetropias, astigmatismos, visão "de perto" e aplica exercícios ortópticos, que não são doenças, são defeitos da visão. A Optometria não trata ou cura o "órgão globo ocular" (competência da medicina), não faz diagnósticos de doenças, não receita medicamentos. Cabe ao Optometrista emitir fórmula para receita.

Orientação:
Este exame não exige nenhuma preparação.
Raios-X de Tórax
Raios-X de Tórax
Na medicina, uma radiografia de tórax, comumente chamada de raio-x de tórax, é uma radiografia do tórax usada para diagnosticar doenças que afetem o tórax, seu conteúdo e suas estruturas próximas. As radiografias de tórax estão entre os filmes diagnósticos mais realizados, sendo úteis no diagnóstico de muitas doenças.
Como todos os métodos de radiografia, a radiografia de tórax emprega radiação ionizante na forma de raios x para gerar imagens do tórax. A dose de radiação típica para um adulto em uma radiografia de tórax é de cerca de 0,06 mSv.
Com a radiografia de tórax avalia-se os pulmões, tamanho e contornos o coração, mediastino, pleura, diafragma e os ossos da caixa torácica (costelas, esterno e vértebras).
Existem incidências básicas e especiais: Básicas - PA e Lateral; Especiais - AP em decúbito dorsal ou posição semi-ortostática, decúbito lateral, AP Lordótica, Oblíqua anterior e Oblíqua posterior.

Orientação:
Este exame não exige nenhuma preparação.
Exame Clínico (ASO)
Exame Clínico (ASO)
O exame clínico é o mais importante para o diagnóstico e tratamento de doenças, O exame clínico é dividido em duas etapas: a anamnese e o exame físico. A partir delas, é possível obter informações sobre o estado geral de saúde do paciente, podendo ser identificadas doenças a partir de sinais e sintomas. O sinal é uma característica física que pode ser detectada pelo médico, como uma mancha na pele decorrente de uma micose. Já o sintoma, é uma característica subjetiva relatada pelo paciente, como tontura. A anamnese, que consiste na entrevista feita pelo profissional quando da realização da consulta, é muito importante como uma etapa do exame clínico. A partir de um questionário, o médico obtém informações importantes sobre a história atual e pregressa do paciente. ASO - Atestado de Saúde Ocupacional é um documento emitido por médico do trabalho após a realização do exame clínico para informar a empresa se o funcionário está apto ou inapto para a realização de suas funções dentro da empresa de acordo com os riscos ao qual este funcionário será exposto no exercício de suas funções.

Orientação:
Este exame não exige nenhum preparo específico.
Medicina Ocupacional
  • Serviços de gestão de Medicina Ocupacional, Fornecimento de Mão de Obra Especializada, Treinamentos, Equipamentos para Exames Médicos Ocupacionais.
  • PCMSO – Programa de Controle Medico de Saúde Ocupacional
  • Exames Ocupacionais (Admissional, Demissional, Periódico, Mudança de Função e Retorno ao Trabalho)
  • Relatório Anual
  • PCA – Programa de Conservação Auditiva
  • Assessoria Técnica e Pericias Médicas
Ergonomia
  • AET - Análise Ergonômica do Trabalho
  • Avaliação Ambiental
Avaliação Psicossocial
b>Avaliação Psicossocial
A Avaliação Psicossocial, contempla uma avaliação psicológica de aspectos comportamentais, de personalidade, e testes que avaliam a potencialidade do indivíduo em relação a alguma característica pessoal, visando mapear a composição do perfil psicológico do indivíduo para determinadas atividades laborais.

Orientação:
Este exame não exige nenhum preparo ou jejum obrigatório.
Eletroencefalograma
Eletroencefalograma
Por muitos anos, o eletroencefalograma (EEG) vem sendo usado para o diagnóstico e acompanhamento de várias doenças do sistema nervoso (doenças neurológicas). O cérebro funciona basicamente através de impulsos elétricos, e o EEG documenta esta atividade elétrica do cérebro. Isto é feito com a colocação de eletrodos (instrumentos para captar a atividade elétrica cerebral), através de um material adesivo, em posições já determinadas no couro cabeludo. Desta forma, os estímulos (impulsos, melhor dizendo) captados por estes eletrodos são transformados em um gráfico que pode ser analisado pelo médico.
A atividade elétrica do nosso cérebro não é a mesma todo o tempo, variando ao longo do dia, dependendo se estamos acordados ou não. Essas variações são normais e não representam nenhum problema. Entretanto, em determinadas doenças, existem alterações específicas da atividade elétrica cerebral que podem ser captadas pelo EEG, ajudando, assim, no seu diagnóstico.
O EEG pode ser útil nas seguintes análises:
1- Crises convulsivas: atualmente, o maior emprego do EEG é no diagnóstico e no acompanhamento de pessoas com crises convulsivas. As crises são de diversos tipos e cada uma delas produz alterações na atividade elétrica do cérebro. Além disso, após o início das medicações anticonvulsivantes, pode-se acompanhar o tratamento, sabendo a melhor hora de ajustar as drogas ou suspender o seu uso, e distúrbios de sono.

Orientação:
Não é necessário nenhum cuidado específico ou jejum antes da realização de um eletrocardiograma. Os medicamentos de uso contínuo devem ser tomados normalmente no dia do exame. Recomenda-se boa alimentação e uma boa noite de sono antes do exame.
Oftalmológico completo
Oftalmológico completo
O exame oftalmológico completo inclui a avaliação da mobilidade ocular, a acuidade visual com e sem correção, refração, medida da pressão intra-ocular, biomicroscopia e fundo de olho. A importância de um exame oftalmológico completo é a identificação de várias doenças oculares, como o glaucoma e catarata, e também sistêmicas como diabetes e hipertensão arterial.

Orientação:
Este exame não exige nenhuma preparação.
Raios-X de Coluna lombo sacra
Raios-X de Coluna lombo sacra
Trata-se de exame de raios X da coluna lombo sacra são emitidos raios-x em incidências diversas para visualização de partes ósseas da coluna vertebral detectando fraturas, corpos estranhos, inflamações, tumores e outras alterações.

Orientação:
Este exame não é realizado em gestantes, salvo em situações nas quais ele seja absolutamente necessário. Neste caso, é necessário entrar em contato com a Central de Atendimento para consultar os médicos responsáveis.
Teste Ergométrico
Teste Ergométrico
O teste ergométrico serve para a avaliação ampla do funcionamento cardiovascular, quando submetido a esforço físico gradualmente crescente, em esteira rolante. São observados os sintomas, os comportamentos da frequência cardíaca, da pressão arterial e do eletrocardiograma antes, durante e após o esforço.
Os principais objetivos do teste são diagnosticar e avaliar a doença arterial coronária. Avalia também a capacidade funcional cárdiorrespiratória; detecção de arritmias, de anormalidades da pressão arterial e de isquemia miocárdica; avaliar surgimento de sopros, sinais de falência ventricular esquerda e dos eventuais sintomas que podem acompanhar essas disfunções; avaliação funcional de doença cardíaca já conhecida; prescrição de exercícios físicos.
Este exame é realizado por clínicas parceiras da Milmed.

Orientação:
• No dia do exame, após o banho, não utilizar cremes, pomadas ou gel.
• Vir ou trazer roupa confortável (agasalho/tênis).
• Não fumar 2 horas antes e 1 hora após o exame.
• Dieta normal 2 horas antes ou dieta leve 1 h antes do exame; o paciente não deve fazer o exame em jejum.
• A suspensão de medicação em uso fica a critério do seu médico e na dependência dos objetivos do exame. Quando o objetivo é diagnosticar doença arterial coronária, caso seja possível, recomenda-se suspender medicamentos que possam mascarar as manifestações da doença, como betabloqueadores (atenolol, propranolol, metoprolol etc), inibidores dos canais de cálcio (diltiazem, verapamil) e vasodilatadores coronarianos (dinitrato ou mononitrato de isossorbida, nitroglicerina etc).
• Recomenda-se ao paciente não expor o tórax desprotegido ao sol, até 72 horas após o exame, pois pode surgir irritação da pele, no local da colocação dos eletrodos.
Espirometria
Espirometria
A Espirometria é um exame que auxilia na prevenção e permite o diagnóstico e a quantificação dos distúrbios ventilatórios. É um exame peculiar que exige compreensão e colaboração do paciente. Variáveis técnicas do equipamento e execução influenciam fortemente o resultado. Deve ser analisada em conjunto com dados clínicos, radiológicos e história ocupacional. A espirometria (prova de função pulmonar) foi incluída como um exame periódico para diagnóstico de disfunções ventilatórias restritivas ou obstru¬tivas, que possam afetar a saúde do funcionário. Na admissão e demissão, a espirometria serve para confirmar o estado de saúde nes¬tas fases e auxiliar quando houver suspeita de nexo casual, entre a doença respiratória e a exposição de agentes agressivos. A validade do exame (determinada pela NR7) depende da qualidade do mesmo. O equipamento utilizado deve ter precisão e acurácia estabelecida pela "American Tora¬cic Society". A execução do exame deve ser realizada por pessoal treinado, e a interpretação e laudo deverão ser dados por um médico pneumologista.

Orientação:
Este exame não exige nenhuma preparação, apenas recomenda-se que o paciente não tome café preto e não fume antes do exame, e que esteja bem alimentado.
Outros
Demais exames sob Consulta.
fundo parallax

Seja Bem-Vindo a Milmed

A MILMED é uma empresa especializada em Medicina e Segurança do Trabalho, possuindo o Laboratório de Análises Clínicas que, desde 1992, presta a seus clientes serviços com qualidade e eficiência.

As rotinas de gestão são totalmente informatizadas para garantir que a documentação e os exames médicos de admissão, periódicos ou demissão, obrigatórios dos funcionários, estejam sempre em ordem e atualizados.

Possuímos unidades móveis-ônibus e microônibus, com a alternativa levar à sua empresa o atendimento e a realização de exames nas equipes durante o expediente de trabalho.

recepcao
aula
audiometria

PGlmcmFtZSBzcmM9Imh0dHBzOi8vd3d3Lmdvb2dsZS5jb20vbWFwcy9lbWJlZD9wYj0hMW0xOCExbTEyITFtMyExZDM3NDMuMDI1NzMxODk0OTMwNyEyZC00MC4yOTY1MzQ2ODQ0OTMzOCEzZC0yMC4yNTc3Njc1NTM4MTc4NSEybTMhMWYwITJmMCEzZjAhM20yITFpMTAyNCEyaTc2OCE0ZjEzLjEhM20zITFtMiExczB4YjgxODZjMzA5ZjA3ZTUlM0EweGRhY2NkMWNmMDEyNmM0MTkhMnNNaWxtZWQrLStNZWRpY2luYStlK1NlZ3VyYW4lQzMlQTdhK2RvK1RyYWJhbGhvITVlMCEzbTIhMXNwdC1CUiEyc2JyITR2MTQ3MDAxODgxNDA0OSIgd2lkdGg9IjYwMCIgaGVpZ2h0PSI0NTAiIGZyYW1lYm9yZGVyPSIwIiBzdHlsZT0iYm9yZGVyOjAiIGFsbG93ZnVsbHNjcmVlbj48L2lmcmFtZT4=
PGlmcmFtZSBzcmM9Imh0dHBzOi8vd3d3Lmdvb2dsZS5jb20vbWFwcy9lbWJlZD9wYj0hMW0xOCExbTEyITFtMyExZDM3NDMuOTQ3ODgwMTc3MjIyITJkLTQwLjI2ODkwMzI4NDQ5NDIzNiEzZC0yMC4yMTk0ODY3NTI1OTkxODghMm0zITFmMCEyZjAhM2YwITNtMiExaTEwMjQhMmk3NjghNGYxMy4xITNtMyExbTIhMXMweGI4MTkyOWI0NTg1ZTVkJTNBMHg2Mzk2NmEzODUzYTUwN2ZiITJzUi4rQ2FzdGVsbyUyQysxMTQ2Ky0rSmFyZGltK0xpbW9laXJvJTJDK1NlcnJhKy0rRVMlMkMrMjkxNjMtMjY4ITVlMCEzbTIhMXNwdC1CUiEyc2JyITR2MTQ3MDAxOTMwOTE1MyIgd2lkdGg9IjYwMCIgaGVpZ2h0PSI0NTAiIGZyYW1lYm9yZGVyPSIwIiBzdHlsZT0iYm9yZGVyOjAiIGFsbG93ZnVsbHNjcmVlbj48L2lmcmFtZT4=
[[[["field11","contains","1"]],[["trigger_integration"]],"and"]]
1 Step 1
Previous
Next